top of page

O que é Saburra Lingual ou Biofilme lingual?

É uma placa bacteriana esbranquiçada ou amarelada que se acumula na língua.

Formado por células epiteliais descamadas, mucina salivar, restos alimentares, bactérias, leucócitos, fungos e células sanguíneas, quando atinge 0.2 mm de espessura já tem condições de anaerobiose, que é o desenvolvimento das bactérias que não precisam de oxigênio para sobreviver.

O biofilme lingual visível se forma quando a produção de saliva diminui, quando a descamação epitelial é excessiva, ou nos dois casos.


O biofilme é composto por:


Bactérias

São as mesmas bactérias anaeróbicas proteolíticas que já apresentamos como a principal causa do mau hálito. Como não precisam de oxigênio e se alimentam de proteína, as células que descamam em conjunto com os restos proteicos que se acumulam sobre a língua fornecem nutrientes e um ambiente perfeito para proliferação.


Células Descamadas

São microscópicos pedacinhos de pele, carne crua, que se desprendem dos lábios e bochechas. Existem várias causas para o aumento da descamação, as principais são o ressecamento gerado pela respiração bucal ou ronco, o uso inadequado de enxaguantes bucais e consumo frequente de bebidas alcoólicas. Além do uso de aparelhos ortodônticos e o hábito de mordiscar lábios, bochechas ou dedos.


Secreções que gotejam do nariz e da gengiva

Tanto as secreções do nariz, formadas pelo excesso de muco, como as originadas pelas doenças periodontais gotejam sobre a língua. Isso funciona como uma espécie de ‘cola’ para as células descamadas e proteínas na formação do biofilme lingual e na nutrição das bactérias.

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page